Igarassu

Manoela Siqueira

Tendo em vista a crescente demanda na área norte da Região Metropolitana do Recife, o Instituto de Olhos Clóvis Paiva, tradicional clínica oftalmológica que atua há mais de 70 anos no Recife, está em processo de implantação de uma unidade em Igarassu, município do litoral Norte de Pernambuco, a 30 km do centro da capital. “Vamos facilitar a vida de muita gente que não tem condições de vir a uma consulta em nossa clínica, na Boa Vista. Essas pessoas vão encontrar um serviço com a mesma qualidade”, afirma o diretor da clínica, Clóvis Paiva Neto.

Ainda em fase inicial, a unidade vai contar com novos médicos, equipamentos modernos, diversos convênios e tem fácil localização. A região conta com parque industrial em franco crescimento e está sob influência da fábrica da Fiat, em Goiana, que vai atrair dezenas de outras empresas fornecedoras de peças, garantindo um fluxo expressivo de trabalhadores e suas famílias.

Além disso, Igarassu está perto de outras cidades muito populosas, tais como Paulista, Abreu e Lima, Itapissuma e Itamaracá. As consultas podem ser agendadas pelo telefone 3545.8886. A clínica está localizada na avenida Duarte Coelho, 151, Sala 3, na Galeria Ana Rosa, ao lado do Procon da cidade. A lista de convênios está disponível no site www.institutoclovispaiva.com.br.

Diabetes e hipertensão contribuem para a perda da visão

Moderação na hora de ingerir sal e açúcar é essencial para a prevenção das doenças 

                                                                                                                                                                                                              Manoela Siqueira

 

O Diabetes Mellintus é uma doença que acomete um percentual significativo da população brasileira e constitui importante causa da cegueira, que atinge cerca de 30% dos pacientes vítimas da doença. Catarata, glaucoma e retinopatia diabética são problemas da visão que, associados a essa grave doença, podem causar perda da visão. A retinopatia diabética, por exemplo, consiste em alterações vasculares que favorecem o surgimento de sangramentos, descolamento na retina e problemas na íris. O grau de comprometimento da visão varia de acordo com o estágio do diabetes.

Tabagismo, gravidez, hipertensão arterial e genética são fatores de risco para os diabéticos. Para impedir a progressão tanto do diabetes quanto da retinopatia diabética, o paciente deve controlar e acompanhar rigorosamente da doença. “É importante que o paciente seja disciplinado e siga as regras relacionadas às mudanças de hábitos estabelecidas pelo médico. Qualquer descuido ou negligência pode ser irreversível”, explica o oftalmologista Luís Fernando Paiva, do Instituto de Olhos Clóvis Paiva.

Além do diabetes, a hipertensão arterial também pode causar danos oculares irreversíveis. A doença atinge cerca de 30 milhões de indivíduos adultos no Brasil. As alterações oculares causadas pela hipertensão podem se caracterizar por tromboses vasculares e até mesmo, dependendo do estágio da doença, alterações na retina, no nervo óptico e na coróide, que é a estrutura pigmentada que nutre a retina.

Grande parte da população apresenta sintomas relacionados à hipertensão arterial como dor de cabeça, mal estar e tontura. Mas o oftalmologista Luís Fernando Paiva alerta: “há também os pacientes que não apresentam sintomas. Por isso, é importante aferir sempre a pressão arterial”, explica o médico, que também  recomenda a revisão oftalmológica pelo menos uma vez ao ano, para evitar possíveis danos irreversíveis à visão, como a cegueira. Doenças associativas como a hipertensão e o diabetes, podem ser silenciosas e, dessa forma, mascarar os males da visão.

 

 

Instituto de Olhos Clóvis Paiva: tradição e modernidade

A clínica foi reformada, recebeu novos equipamentos e está com site novo

Manoela a Siqueira

Há 70 anos, cuidando da visão dos pernambucanos, o Instituto de Olhos Clóvis Paiva é considerado referência em oftalmologia no estado de Pernambuco. Recentemente reformado, o instituto está de cara nova. O projeto das arquitetas Rita Lubambo e Sofia Costa ampliou o ambiente que ganhou mais sofisticação e conforto. A clínica também recebeu equipamentos de última geração e conta com amplo estacionamento. O Instituto de Olhos Clóvis Paiva realiza consultas, exames complementares e faz adaptação de lentes de contato. O staff médico é formado pelos oftalmologistas Clóvis Paiva Filho, Fernando Paiva, Luís Fernando Paiva e Michelle Figueiredo.

Além da reforma na estrutura física da clínica, a inserção nas mídias sociais também faz parte do projeto de reestruturação do instituto. O novo site www.clovispaiva.com.br, é dinâmico e de fácil entendimento. Com o designer clean, o usuário pode, entre outras opções, acessar matérias sobre várias doenças que acometem a visão bem como os cuidados e tratamentos adequados, além de conhecer o histórico da clínica e um pouco da vida do fundador do instituto, o professor Clóvis Paiva. Acessando o site, o cliente pode ainda verificar os planos de saúde conveniados ao instituto. O Instituto Clóvis Paiva tem perfil no facebook onde mantém um grande número de amigos e em breve estará presente no twitter. O Instituto Clóvis Paiva atende todas as faixas etárias e está a quase 40 anos localizado na rua Bom Bosco, 855, no bairro da Boa Vista.